A arte de Salvador Dali e suas interpretações- Especial

Impressão da África- Dali- Um E sobre tudo
Impressão da África
 Salvador Dali pintou diversas obras ao longo de sua vida. O seu método de pintura era utilizado para representar uma mistura de imagens desconexas que variam de acordo com o ponto de vista do observador. As suas obras por vezes polêmicas pelo excesso de extravagância e interpretação simbolista cruzaram o mundo e o tornaram altamente conhecido.

O quadro ao lado traz um clima Africano, o pintor com a mão estendida sentado de frente para um cavalete é um auto retrato de Dali. A maneira como o braço está estendido está colocado para lembrar Caravaggio. Dali era apaixonado pela África, certa vez, referiu-se a ela dizendo:

" A África tem um algum significado no meu trabalho por eu nunca ter estado lá.... lembro-me tão bem de tudo!"  [Das Artes]



Auto retrato- Dali- Especial Um E sobre tudo
Aos 17 anos, Dali pintou um auto retrato que também ficou muito conhecido. No quadro, diversas referências podem ser encontradas, como por exemplo, as cores, referentes ao impressionismo, e a precisão, referente ao pontilhismo. O tamanho do pescoço estranhamente longo é uma referência a Rafael. O quadro foi pintado em 1921, ano da morte de sua mãe.

Salvador Dali tinha um enorme amor pela mãe. Assim que sua morte veio a acontecer devido a um câncer de mama, Dali disse: 



"Foi o maior golpe que eu havia experimentado em toda a minha vida. Eu adorava-a não podia resignar-me a perda de  um ser com quem eu contei para tornar invisíveis as inevitáveis manchas da minha alma." [Wikipedia]



Dali, Picasso & Velázquez



Dali participou também do cubismo, mas as únicas referências que obteve vinham de algumas revistas que Ramoon Pichot lhe entregou.

Foi em sua primeira viagem para Paris que Dali conheceu Pablo Picasso. Lá desenvolveu e aprimorou também o seu modo de pintar. Também foi lá, que Dali resolveu deixar crescer o estranho bigode que o tornou emblemático. O bigode não muito comum, foi inspirado em Diego Velázquez, que também teve muita importância em seu estilo de pintar.


Salvador Dali e o tempo de Einstein

A persistência da memória- Dali
Da pintura a física. O quadro mais conhecido de Salvador Dali, chamado "A persistência da memória" retrata uma série de relógios derretidos, o quadro faz referência a preocupação humana quanto ao tempo e a teoria da relatividade de Einstein que naquele tempo cruzava os países com sua enorme polêmica. O quadro é altamente conhecido até hoje, e já foi utilizado em diversos momentos inesperados, como por exemplo, pelos Simpsons em uma de suas piadas. O que poucos sabem, é que o quadro original tem apenas poucos centímetros. O quadro foi pintado quando Dali enxergou um pequeno pedaço de queijo se derretendo em um dia quente.

Outras obras:

As obras de Salvador Dali chegaram a incrível marca de 1500 quadros sem contar as ilustrações para livros, litografias, desenhos, trajes para o teatro, e um enorme número de esculturas, além é claro, da sua participação em alguns filmes.



Espanha- Salvador Dali

Dentre suas obras, podemos destacar:


Espanha:

 Quando a pátria de Dali foi dizimada pela guerra ele pintou este quadro que retrata uma mulher (que representa a Espanha), mas, a cabeça e o dorso são representados por grupos de homens batalhando. Mostrando a destruição causada pela violência presente.

A forma da pintura é comparada a de Leonardo da Vinci. [Beth Cruz]









Metamorfose de Narciso:

A metamorfose de Narciso- Salvador Dali
O jovem Narciso, lenda da mitologia Grega, é representado aqui como uma mão que sustenta um ovo, símbolo muito presente nas obras de Dali. Dependendo da Forma com que é olhado o quadro pode ter diversas interpretações.








Alguns outros quadros podem ser citados. Como não é ideal que isto siga (já que temos mais 1500 pela frente) é melhor deixarmos o fim por aqui.


Gostaria de saber como tudo terminou? Bem, vai ter que esperar um pouquinho. Amanhã, temos um especial de playlist. Aguardem ^^