Preconceito religioso: Como saber se você tem?

O preconceito religioso está mais próximo do que se imagina."Você tem preconceito religioso?" Sua provável resposta foi um não. Afinal, cada pessoa segue as suas crenças e inevitavelmente segue todas as suas implicações... céu, inferno, purgatório, julgamento, existência, pensamento, paz de espírito, deuses, ou Deus. Mas, talvez esta certeza não seja tanta... afinal de contas, talvez (e muito provavelmente) você possui preconceito religioso e nem sequer sabe disso. Vamos analisar aos poucos? Ok.





Definindo preconceito além dos clichês.

Segundo o respeitado dicionário Aurélio, em sua definição disponibilizada aqui, preconceito pode ser definido como:
sm (pre+conceito

1 Conceito ou opinião formados antes de ter os conhecimentos adequados.
2 Opinião ou sentimento desfavorável, concebido antecipadamente ou independente de experiência ou razão. 
3 Superstição que obriga a certos atos ou impede que eles se pratiquem.
Social Atitude emocionalmente condicionada, baseada em crença, opinião ou generalização, determinando simpatia ou antipatia para com indivíduos ou grupos. 
P. de classe:atitudes discriminatórias incondicionadas contra pessoas de outra classe social.
P. racial: manifestação hostil ou desprezo contra indivíduos ou povos de outras raças. 
P. religioso: intolerância manifesta contra indivíduos ou grupos que seguem outras religiões.

A definição clichê que se resume a uma análise superficial e morfológica não pode, e nem deve ser aplicada de forma única, como a forma tratada por boa parte das apostilas e livros didáticos. Portanto, são estes os nossos 7 pilares de sustentação até o fim do post e sempre que nos referirmos a preconceito, estaremos nos referindo especificamente a estas definições. Isto é importante principalmente, já que o tema é muito delicado, e pode gerar várias confusões.

Intolerância religiosa também é uma definição que deve ser utilizada, isto, porque ao contrário do que costumamos pensar, o preconceito religioso não se resume ao ódio, mas, na maior parte das vezes em intolerância. A intolerância é definida através de pontos diferentes a depender do dicionário utilizado, apesar disto, sua ideia pode se resumir em "anti tolerância".

Preconceito religioso e essas imbecilidadesPelo dicionário Priberam:


1. Falta de tolerância.
2. Violência.


Pelo dicionário Léxico:

1. Incapacidade para aceitar ideias diferentes: intolerância religiosa

E finalmente, pelo Dicio:

s.f. 
1- Característica do que é intolerante ou repugnância.
2- Ausência de tolerância ou falta de compreensão. 
3- Comportamento - atitude odiosa e agressiva - de caráter político ou religioso, daqueles que possuem diferentes opiniões. 
4- Intransigência a diferentes opiniões.
5- Medicina. Impossibilidade corporal para suportar certas substâncias não tóxicas, mas que são capazes de produzir reações alérgicas. 
(Etm. do latim: intolerantia)


O Preconceito e a religião:


Como se não bastasse todos os métodos de se chegar até o preconceito a religião se inclui na história, e com certeza, faz com que seja necessário "quebrar alguns ovos". Existem no mundo (descartando aqui as denominações como igrejas e seitas) aproximadamente 22 religiões, cada religião destas possui diversas denominações interiores que também na maioria das vezes discordam entre si de vários pontos. A definição de religião dada pelo site Letsrider onde a pesquisa relacionada com a quantidade de religiões também foi divulgada, é insuficiente para ser tomada como base, embora o número de denominações interiores já assuste, outras definições de religiões chegam a obter um total de números incrivelmente superiores a 10 mil.

Mas, nem só de preconceito religioso se vive, boa parte das religiões também tem de fato intrínsecos em si preconceitos raciais, étnicos, sexuais, e morais. E neste caso, mesmo que distanciemos de nossas ideias o preconceito violento, a intolerância é presente na enorme maioria. Se negar a ouvir uma pessoa de outra religião, não argumentar, não debater, não tocar no assunto, isto, por si só pode ser definido por preconceito.

Mas as religiões sempre garantem que estão corretas.



Como desfazer o preconceito



Provavelmente, se você é teísta, o ateísmo parece absurdo, distante, incoerente, se você é ateísta o mesmo pode ser aplicado quando falamos de religião. Mas, o que parece ser uma perca de tempo de fato não o é.

Religiões sempre garantem que são as corretas, e aí está o perigo e o paradoxo, como escolher uma entre 10 mil? Como escolher a certa? Repensar não é útil, repensar baseando-se em uma outra religião (que provavelmente não tem base) é construir uma segunda religião.

Se você desconfia de sua religião não a segue de coração, e se nega as outras tem uma chance de 1 em 9,999 de estar correto. Uma enorme complexidade para se lidar. E não, não tenho respostas, mas entrego dúvidas.

E tudo agora é preconceito?


Nuvem de preconceitos e soluções
O preconceito na realidade anda sendo de fato exagerado onde não deve e recluso onde de fato existe. Este, é a aversão antes do conhecimento, e provavelmente, todos nós já praticamos, principalmente, quando os motivos nem sequer são colocados na mesa. Preconceito ao ignorar outras religiões já é sério, não seria então também preconceito se tomar como única verdade sem nem sequer conferir as demais? Mas este seria um preconceito seu, ou dos líderes que desenvolveram a religião com esta "mini certeza" implantada e predefinida?

Com certeza o preconceito está banalizado assim como a morte, já que independente dos argumentos ou verdadeiros motivos, ele já é colocado adiante e generalizado.

Agora pense, assim como a mídia se alimenta dos esteriótipos do preconceito, a mesma os usa para desenvolver suas piadas e fazer a publicidade dos seus tão adorados comediantes... mas a separação entre comédia e preconceito também deve ser bem definida, e todos sabemos que negros sempre são banguelos e pedem esmolas, ou brancos sempre são corruptos ou playboys.

Esteriótipos são de fato, ideias descartáveis.

E então, se chegou aqui com certeza está interessado no assunto, que tal dar sua opinião nos comentários aí embaixo? Se não tiver conta no Disqus pode fazer login com Facebook ou com sua conta do Google.